Área do cliente

Notícias

Coalizão teme problemas para remoção de moradores do Mutange

Quinta-feira, 12 de março de 2020

O grupo se reuniu pela segunda vez, nesta quarta-feira, 11, na Casa da Indústria, quando a Braskem apresentou um balanço de todas as ações de cadastramento, negociação e desocupação dos imóveis nos quatro bairros afetados

Formado por várias entidades, o grupo Coalizão, que acompanha o desenrolar do Caso Pinheiro, teme que as chuvas, comuns no mês de abril, interfiram negativamente na remoção das famílias que ainda estão nas áreas já identificadas como de risco, nos bairros do Mutange e Bebedouro. Por isso, a Coalizão decidiu endossar o apelo das autoridades públicas para que as pessoas dessas áreas, já identificadas como de risco, procurem a Central de Moradores para agendar a desocupação e a indenização de seus imóveis, atingidos por problemas geológicos.

Este processo precisar ser rápido para evitar problemas maiores no próximo mês, bastante chuvoso.

O grupo se reuniu pela segunda vez, nesta quarta-feira, 11, na Casa da Indústria, quando a Braskem apresentou um balanço de todas as ações de cadastramento, negociação e desocupação dos imóveis nos quatro bairros afetados (Pinheiro, Bebedouro, Mutange e Bom Parto).

Outro tema debatido na reunião da Coalizão foi a retomada das operações da unidade de Cloro Soda, no bairro do Pontal, também em Maceió. Esta unidade é a central de matérias primas da Braskem/Alagoas e sua paralisação está trazendo dificuldades para a Cadeia Produtiva da Química e do Plástico, e para a arrecadação de impostos no Estado.

 A reunião, coordenada pelo presidente da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (FIEA), industrial José Carlos Lyra de Andrade, contou com a participação do secretário de Governo da Prefeitura, vereador Eduardo Canuto, do presidente da Associação Comercial de Maceió, Kennedy Calheiros, presidente do Conselho regional de Engenharia de Alagoas (CREA), Fernando Dacal, do representante da seccional alagoana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/AL) , Ricardo Moraes, do consultor Murilo de Aragão, do representante da Braskem, Milton Pradines, e o secretário-executivo da Coalizão, advogado Luciano Guimarães.

Ao fim da reunião, o grupo visitou as instalações da Central de Moradores, localizada no Ginásio do Sesi, no bairro do Trapiche, podendo constatar todo o procedimento do atendimento à comunidade.

Compartilhe: